Deixa eu te contar essa. Uma vez eu pedi um Glória a Deus lá reunião. Todo mundo calado. Eu pedi mais uma vez: eu quero ouvir bem alto, agor...

Ficção de todo o dia VI

/
1 Comments
Deixa eu te contar essa. Uma vez eu pedi um Glória a Deus lá reunião. Todo mundo calado. Eu pedi mais uma vez: eu quero ouvir bem alto, agora é pra falar com toda a fé que tem no peito, bora lá, Glória a Deus. Todo mundo calado. Aí eu comecei a ficar puto. 

Mas o senhor meu Deus sabe das coisas, mandou um mensageiro divino assim do meu lado e professei uma parábola que nem eu sabia. 

Vocês conhecem Malaquias? Que era filho de Zacarias, irmão das três Marias e do Golias, filho de uma das tias, não sei qual, mas que era parente de terceiro grau de Jesus? Fico todo arrepiadao só de falar. Pois bem, ele vinha andando pelas oliveiras sozinho, naquele caminho por onde passou Judas, vocês sabem a história, num silêncio quando de repente ouviu: por onde anda teus pensamentos Malaquias, filho de Zacarias, irmão das três Marias e do Golias, filho de uma das tias, não sei qual, mas que é parente de terceiro grau de Jesus, não sabes que sempre deves andar em oração e glorificando a Deus? Malaquias, Malaquias, estou falando contigo, sou o espírito primeiro, não estás me ouvindo?

Aí um irmão que tava lá no fundo do salão ouvindo aquela parábola disse sem a menor cerimônia: pastor, a gente sabe que tem que glorificar, só estamos esperando o terminar o Re x Pa... tenha santa paciência.

Nunca mexa com quem tá quieto em dia de Re x Pa, professou novamente aos meus ouvidos, o mensageiro divino. 

Mas Ó Pai, eu que só queria um Glória a Deus... e era pra ti.

Eu já entendi, não sou surdo porra, fica orando em silêncio que eu tô tentando ouvir o jogo.




You may also like

Um comentário:

Carol Magno. Tecnologia do Blogger.

Popular Posts

Flickr

Instagram